GRUPO ASSIK



Grupo Assik é o projeto de pesquisa e produção da Michael Chekhov Brasil, voltado para desenvolver meios de aplicar na prática a abordagem artistica do Michael Chekhov, não só no trabalho do ator, mas na direção e em todo o processo de produção de uma apresentação teatral. Michael Chekhov falava de um "teatro do futuro", um teatro que viria para fazer resistência aos efeitos do crescente materialismo nas artes, algo que sentimos tão forte hoje em dia. Ele defendia a idéia de um teatro espiritual, embora não no sentido religioso ou místico, mas sim "no sentido da investigação concreta do espírito do ser humano. Essa investigação deve ser feito por artistas e atores, não por cientistas."

O nome Grupo Assik é uma homenagem ao pequeno cachorro que acompanhou Michael Chekhov nos anos 30 quando dirigia a sua escola, primeiro em Dartington Hall, na Inglaterra, e depois em Ridgefield, Connecticut, EUA. Chekhov observava Assik nas suas atividades e admirava como nunca cansava, nunca ficava desmotivado, sempre concentrado, animado, confiante e com muita energia, até ele atingir seu objetivo. Procurava transmitir aos alunos esta atitude como sendo a de um verdadeiro artista.

A peça de estreia do Grupo Assik foi "Boa Noite, Mãe", de Marsha Norman, dirigida por Hugo Moss e com Thaís Loureiro no papel de Jessie e Beth Zalcman como Thelma. No início de 2015 foi apresentada em temporadas na Sede das Cias e no Teatro Eva Herz, antes de seguir para algumas unidades do circuito SESC. Em junho e 2016 a produção volta com uma renovada temporada no Teatro Ipanema, Rio de Janeiro, desta vez com a atriz Fabianna de Mello e Souza no papel de Thelma.

.

.

.



Boa Noite, Mãe



A produção original desta obra foi apresentada em Cambridge, Massachusetts, EUA, em 1983, com Kathy Bates e Anne Pitoniak no elenco, e rendeu um prêmio Pulitzer para sua autora, Marsha Norman. É um texto reconhecido como uma obra-prima da dramaturgia americana, encenada inúmeras vezes em seus palcos desde então, além de receber uma adaptação cinematográfica, em 1986, com Anne Bancroft e Sissy Spacek.

A peça acontece em tempo real e mostra uma noite na vida de uma pequena família: mãe e filha. Jessie, a filha, depois de anos difíceis lutando contra epilepsia, além de um longo acúmulo de dificuldades familiares, anuncia que decidiu se retirar da vida. Com um tiro na cabeça, hoje – mais tarde. Uma solução simples, eficiente e, para ela, bastante tranquila. A mãe, ao receber a notícia, passa por um mundo de emoções: incredulidade no início, raiva e desespero mais tarde, até momentos de aceitação, enquanto tenta lidar com o que para Jessie é o inevitável: seu destino está finalmente seguro nas mãos dela.

Apesar do enredo de cunho trágico, BOA NOITE, MÃE é uma história repleta das contradições da vida, com momentos de humor, raiva, ternura, tristeza, generosidade e amor. E embora só vemos duas presenças físicas em cena, a partir das conversas de mãe e filha acabamos conhecendo uma meia dúzia de outros personagens – o irmão, a cunhada, o filho problemático, a vizinha, o falecido marido - de uma forma tão clara que parece que cada um está logo ali, no lado de fora da casa, esperando para entrar.

BAIXAR CLIPPING das temporadas no primeiro semestre 2015



Agenda e Ficha Técnica



As próximas apresentações de "Boa Noite, Mãe" serão:

15 DE JUNHO  a 7 DE JULHO, 20H
TEATRO IPANEMA, Rio de Janeiro, RJ
(informações completas em breve)

Ficha Técnica



Direção: Hugo Moss

Elenco: Beth Zalcman e Thaís Loureiro

Texto: Marsha Norman (tradução Hugo Moss e Thaís Loureiro)

Assistente de Direção: Cleiton Echeveste

Iluminação: Aurélio de Simoni

Adapação de Luz: Ricardo Lyra

Cenografia: Hugo Moss e Luna Santos

Cenotécnica: Fatinha de Souza

Contrarregra: Jefer Soares e Carlos

Figurino: Beth Zalcman e Thaís Loureiro

Identidade Visual: Thaís Loureiro

Produção: Rô Milani e Joana Pimentel

Realização: Michael Chekhov Brasil e Gam Produções

Agradecimentos Especiais: Ana Teixeira e Stephane Brodt (Amok Teatro), Lenard Petit

Agradecimentos: Adenilson Junior, Arthur Schreinert, CBTIJ, Daniele Geammal, Escola Eliezer Max, Janaíra Schneider, Laura Bicalho, Linda Worrell-Wraight, MICHA Michael Chekhov Association, Peter Wraight, Robson Silva, Sede das Cias., Toninho Lôbo, Wilson Braz Filho.

.


Drama

95 minutos

Classificação: 16 anos

.



Lei Rouanet



A produção "Boa Noite, Mãe" está atualmente (agosto/setembro de 2015) em fase de captação para temporadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba. O projeto foi aprovado e enquadrado no Artigo 18 da Lei Rouanet de Incentivo Fiscal. Empresas podem investir até 4% do valor destinado ao seu Imposto de Renda e deduzir integralmente este valor na hora do recolhimento anual. Para pessoas físicas este limite é 6%.

Para informações completas sobre o projeto, suas contrapartidas - institucionais, sociais e de divulgação - e como investir, entre em Contato.


Contato




GRUPO ASSIK

Michael Chekhov Brasil

21 3988-8114
grupo@assik.com.br

.

.

.

.

Desenvolvido por Agência Abacateiro | Grupo Assik - Copyright 2015